Mestre de Cerimônias

Como atuar como Mestre de Cerimônias?

Vez por outra me pedem dicas sobre como atuar na área, quais os pré-requisitos para desenvolver a profissão, perguntam-me sobre cursos de Mestre de Cerimônias e coisas assim. Bem, todos sabem que o trabalho do Mestre de Cerimônias é de vital importância no contexto do evento.

Imagine você que se trata de um dos momentos mais importantes na vida de alguém ou da história de uma instituição!

Pode ser os noivos que contratam um Celebrante de Casamento, quem sabe os pais da debutante que procuram alguém para conduzir esse que é  um dos  momentos  mais

marcantes na vida de sua filha, quem sabe se trata do chefe de um departamento que deseja realizar um evento para apresentar os resultados alcançados por uma força tarefa da empresa, talvez um parlamentar ou diretor de um órgão público que planeja um evento de grande importância para a instituição! Veja bem, dá pra imaginar que se trata de algo sensível, um momento único, de muita responsabilidade e cheio de emoção!

Invariavelmente o MC só começa a fazer parte desse momento no dia anterior ao evento quando participa de uma reunião prévia com a equipe de planejamento e o cliente - exceto o celebrante. Ele deverá conduzir um evento que foi preparado cuidadosamente durante muito tempo, anos até; pense no casamento, em tantas reuniões, contatos, decisões ... e o Celebrante é o responsável por conduzir o momento mais especial da cerimônia! Ele entra em cena no instante em que os noivos iniciam a caminhada até o altar! 

Desejo que o aspirante a Mestre de Cerimônias ou Celebrante de Casamento esteja certo da grandiosidade e da relevância de sua participação, e que esteja absolutamente preparado para ocupar o lugar que se propôs a preencher.

O MC precisa estar consciente da importância de seu papel dentro do evento.